3 de julho de 2017 · Ciência 2017



ANTÓNIO FALCÃO

António Falcão, pelo caráter pioneiro a nível internacional nos fundamentos científicos e tecnológicos para o aproveitamento das energias renováveis marinhas, em especial a energia das ondas.

ARMANDO POLICARPO

Armando Policarpo, pela carreira de investigação na área dos detetores de radiações atómicas e nucleares, que lhe gerou o reconhecimento internacional na Física Nuclear, Física Atómica e Molecular e na Física de Partículas.

CARLOS MOTA SOARES

Carlos Mota Soares, pelo seu papel de cofundador do Instituto de Engenharia Mecânica e do Laboratório de Energia, Transportes e Aeronáutica bem como pela sua carreira de investigação em Mecânica Computacional.

CARLOS VARANDAS

Carlos Varandas, pela sua carreira de investigação na área da fusão nuclear bem como pelo papel de fundador e Presidente do Centro de Fusão Nuclear do IST e, posteriormente, do Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear.

DIAMANTINO DURÃO

Diamantino Durão, pelo caráter pioneiro a nível internacional no desenvolvimento da velocimetria laser e aplicação à Mecânica dos Fluidos e pelo contributo ao desenvolvimento da capacidade científica do Instituto Superior Técnico.

DIANE VILLAX

Diane Villax, pelo papel de liderança na empresa Hovione e reconhecimento pelo esforço na mobilização de jovens investigadores e da atividade de investigação científica orientada para a inovação em fármacos.

FRANCISCO CARVALHO GUERRA

Francisco Carvalho Guerra, pela atividade científica desenvolvida nas áreas da Química Farmacêutica e da Bioquímica bem como pelo papel desempenhado enquanto delegado nacional para o Comité Científico da NATO.

FERNANDO ROSAS

Fernando Rosas, pela sua carreira dedicada à História Contemporânea e pela ação decisiva no desenvolvimento da atividade científica em torno da História do século xx e do Estado Novo Português.

GASPAR BARREIRA

Gaspar Barreira, pelo seu papel de cofundador do Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, bem como pela coordenação da representação nacional no Laboratório Europeu de Física de Partículas nas últimas décadas.

JEAN‐JACQUES DORDAIN

Jean-Jacques Dordain, pela sua carreira de investigação na área da propulsão e dos satélites bem como pela dinamização da área do Espaço em Portugal e na Europa enquanto Diretor-Geral da European Space Agency.

JOSÉ MARQUES DOS SANTOS

José Carlos Marques dos Santos, pela sua carreira na área da Engenharia Eletrotécnica e Computadores e pelo papel decisivo no desenvolvimento da capacidade científica da Universidade do Porto.

JULIO CELIS

Julio Celis, pelo seu papel na área da investigação oncológica, em especial, na fundação da proteómica, pelo exercício de diversas funções de liderança de organizações científicas nessa área bem como pela sua ação decisiva na criação do Conselho Europeu de Investigação.

MANUELA CHAVES

Manuela Chaves, pela sua relevância nas áreas da Agronomia e da Ecofisiologia Molecular de Plantas, nomeadamente no estudo sobre a capacidade de adaptação das plantas a ambientes adversos e a sua aplicação à agricultura.

MÁRIO RUIVO

Mário Ruivo, a título póstumo, pelo caráter pioneiro na área da governação internacional do oceano e na investigação científica sobre o Oceano em Portugal, bem como pelo seu papel dirigente na FAO e na COI/UNESCO.

RAQUEL SOEIRO DE BRITO

Raquel Soeiro de Brito, pela sua carreira na área da Geografia Humana e Regional, pelo estímulo decisivo ao estudo da Antropologia e da Geografia e Planeamento Regional, bem como pela coordenação do Atlas de Portugal (2005).

RUI NABEIRO

Rui Nabeiro, pelo seu dinamismo empreendedor e liderança histórica da empresa Delta Cafés, líder de mercado de cafés em Portugal e do investimento em I&D de empresas agroalimentares, bem como pela criação do Centro de Ciência do Café.

SUZANNE DAVEAU

Suzanne Daveau, pela relevância na área da Geografia bem como pela carreira de ensino e investigação desenvolvida em França, África Ocidental e em Portugal.



25 de novembro de 2017



ANTÓNIO CUNHA

António Cunha, Presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas desde 2014, cargo onde permaneceu até 2017. Foi também Reitor da Universidade do Minho desde 2009, cargo que ocupou até 28 de novembro de 2017. É investigador no Instituto de Polímeros e Compósitos/I3N (Laboratório Associado) na área do processamento e comportamento de polímeros e compósitos. Coordenou vários projetos de I&DT nacionais e europeus, organizou diversas conferências e cursos avançados internacionais e é autor ou coautor de 2 livros, 120 artigos em revistas científicas internacionais (ISI), de 4 patentes e de 3 projetos vencedores de concursos nacionais de inovação industrial.