Construir o futuro com a ciência

PROGRAMA DIA NACIONAL DOS CIENTISTAS

As sessões nos Auditórios 1 e 2 são transmitidas online. Todas as sessões serão disponibilizadas no site até ao final da semana.

App disponível

Faça o download da nossa app no seu telemóvel na App Store ou na Play Store


O encontro anual da ciência, tecnologia e inovação em Portugal, decorre este ano nos próximos dias 16, 17 e 18 de maio, no Centro de Congressos de Lisboa. A data de 16 de maio, em que se celebra o Dia Nacional dos Cientistas, não podia ser mais adequada para este fórum de debate e apresentação de novas ideias e parcerias. Este será também o ano em que celebramos os 25 anos da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, cujo papel nunca é demais lembrar na gestão e financiamento da ciência portuguesa.

“Construir o Futuro com a Ciência” é o mote para a apresentação dos principais temas de investigação que estão no centro das Unidades de I&D em Portugal e que refletem os temas fulcrais na ciência mundial hoje em dia. Estes dias funcionam também como uma plataforma para estimular a interação e o diálogo entre os participantes, e potenciar novas interações interdisciplinares. O país convidado é o Egito, que participa ativamente no encontro em termos da representação de entidades oficiais e de instituições científicas.

Como em anos anteriores, o Ciência 2022 está organizado em diferentes tipos de sessões, de plenárias a temáticas, passando também por comunicações, demonstrações e pósteres online . As seis sessões plenárias cobrem os principais temas associados às missões da União Europeia, mas correspondem aos desafios globais que a humanidade enfrenta. Estas sessões contarão com a participação de oradores internacionalmente reconhecidos nas suas áreas, e incluirão, em particular, intervenientes portugueses e egípcios, pretendendo-se incentivar e aprofundar a colaboração com o Egito.

O programa incluirá 6 sessões plenárias e 66 sessões temáticas que revelam parcerias internacionais de universidades, empresas e outras entidades nacionais. Com o levantamento de restrições da pandemia COVID 19, regressam as demonstrações e os pósteres de jovens investigadores na área expositiva do evento.  

O Ciência 2022 é promovido pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia em colaboração com a Ciência Viva e com a Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, contando ainda com o apoio institucional do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Neste fórum, esperamos potenciar o envolvimento de investigadores, empresários, estudantes e do público em geral, para promover a discussão de ideias e “Construir o Futuro com a Ciência”.

 

Comissárias

Teresa Pinto Correia

Laboratório Associado Change e Universidade de Évora

Teresa Ferreira

Laboratório Associado TERRA e Instituto Superior de Agronomia

App brevemente disponível

Poderá fazer o download da nossa app no seu telemóvel na App Store ou na Play Store

País convidado:

EGITO

Ciência 2022: Construir o futuro com a ciência

O Encontro Ciência 2022 marca, é pelo menos o que desejo, uma nova fase em Portugal, na Europa, no Mundo: o início do fim da pandemia de COVID-19. Este é o tempo para olhar para trás e ver a forma exemplar como o sistema científico e tecnológico nacional reagiu e se adaptou a circunstâncias tão difíceis e tão inéditas. A pandemia permitiu-nos reconhecer a importância da ciência e do conhecimento que produzimos no nosso país. Desenvolvemos produtos e serviços para combater e enfrentar a pandemia, tratámos doentes e doenças associadas ao SARS-CoV-2, criámos novas sinergias entre a comunidade académica e científica e o tecido empresarial e atravessámos novas fronteiras do conhecimento. Por isso, nunca é demais insistir na importância do ensino superior e da investigação científica para o desenvolvimento do país e na relevância das redes colaborativas entre investigadores, instituições, empresas e sociedade civil para garantir um futuro mais resiliente, mais sustentável e mais inclusivo. É fundamental que este trabalho de equipa continue, só assim conseguiremos chegar mais longe! Mas este é, essencialmente, o tempo para recuperar, em termos económicos e sociais. Essa recuperação deve assentar na qualificação dos portugueses, no desenvolvimento da ciência e num esforço de convergência europeia até 2030, designadamente em termos da ação climática e das oportunidades associadas à inovação e digitalização da nossa sociedade e economia.

Avançar significa, desde logo, manter os esforços prosseguidos nas anteriores legislaturas:

  • desde 2016, temos vindo a aumentar a despesa total em I&D, que atingiu 1,62% do PIB em 2020;
  • registámos um crescimento de 9% nos contratos de carreira com docentes e investigadores entre 2015 e 2020 e substituímos quase totalmente as bolsas de pós-doutoramento (BPD) por contratos, com uma redução de 85% nas BPD financiadas diretamente pela FCT e o aumento de 81% na totalidade de contratos a termo estabelecidos com investigadores;
  • reforçámos a qualificação dos portugueses, com a população ativa com ensino superior completo a atingir um máximo histórico de 1.65 milhões de pessoas em 2021 e com a taxa de escolaridade do ensino superior da população residente entre os 30 e os 34 anos a atingir os 44% no final de 2021, continuando a tendência crescente dos últimos anos, e mantendo-se acima da meta europeia de 40% assumida no âmbito da Estratégia Europa 2020;
  • alargámos a base social de participação no ensino superior e atualmente:
  • mais de metade dos jovens de 20 anos residentes em Portugal frequentam o ensino superior, representando um aumento de 25% face a 2015 (cerca de mais 12 mil novos estudantes entre 2015 e 2019/20)
  • o número de bolseiros de ação social escolar no ensino superior cresceu de cerca de 64 mil em 2014/15 para mais de 76 mil em 2021/22, ao que se somam mais de 5300 bolsas +superior ativas e mais de 1000 bolsas para estudantes com incapacidade igual ou superior a 60%,
  • e a rede de oferta formativa em CTeSP (Cursos Técnicos Superiores Profissionais) foi fortemente ampliada: em 2021, os CTeSP funcionavam já em 134 localidades.

Avançar significa querermos mais, fazermos melhor, conseguirmos alavancar a trajetória de desenvolvimento. Para tal definimos como prioridades da área governativa da ciência, tecnologia e ensino superior:

  • continuar a garantir o crescimento da despesa pública e privada em I&D, aumentando de forma progressiva o investimento global até atingir 3% do PIB em 2030 (com 1/3 de despesa pública e 2/3 de despesa privada), assim como a previsibilidade e a regularidade do financiamento em ciência;
  • potenciar a capacidade de qualificação dos portugueses, através de um novo “Contrato de Legislatura 2022-2026”, entre o Governo e as Instituições de Ensino Superior Públicas, para além do lançamento dos Programas Impulso Jovem STEAM e Impulso Adultos, através do PRR, tendo em vista atingir em 2030 uma taxa média de frequência no ensino superior de 6 em cada 10 jovens com 20 anos e 50% de diplomados na faixa etária dos 30-34 anos;
  • concretizar o reforço do financiamento do Plano Nacional de Alojamento para o Ensino Superior, garantindo a construção e reabilitação de 15 mil camas até 2026, duplicando a oferta pública atual a preços regulados, conforme previsto no PRR, com o objetivo de dar uma resposta integrada e de longo prazo às necessidades de alojamento acessível para os estudantes do ensino superior em todo o território nacional;
  • apoiar as instituições de ensino superior e as instituições de ciência e tecnologia na concretização dos projetos financiados exclusivamente pelo PRR, tendo em vista a implementação e conclusão atempada dos projetos e investimentos bem como o adequado financiamento;
  • continuar a promover a simplificação e desburocratização do sistema de ensino superior, ciência e tecnologia, flexibilizando as regras de execução financeira e de contratação públicas simplificadas e adequadas ao contexto internacional e competitivo dos projetos desenvolvidos pelas instituições.

Olhemos então para o futuro, um futuro com mais investimento em ciência que tornará Portugal um país mais desenvolvido, mais inovador, mais resiliente e mais europeu.

Agradeço o esforço de todos no desenho do programa do Encontro Ciência 2022 e na organização do evento. Desde logo agradeço às Comissárias do Encontro, a Professora Teresa Pinto Correia do Laboratório Associado Change e da Universidade de Évora, e a Professora Teresa Ferreira, do Laboratório Associado TERRA e do Instituto Superior de Agronomia, à Fundação para a Ciência e a Tecnologia, à Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica - Ciência Viva e à Comissão Parlamentar de Educação e Ciência, bem como a toda a equipa do Comissariado do Encontro e aos participantes que se inscreveram nesta edição.

Conto com todos porque todos são importantes e todos fazem parte de uma ciência que se quer cada vez mais global.

 

Elvira Fortunato

Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

 

Sessões Plenárias

Dia 1 | 16 maio

9:30h-11:00h - Plenária 1: Abertura: "Construir o futuro com Ciência”

Abertura:

  • Teresa Ferreira e Teresa Pinto Correia, Comissárias do Encontro Ciência 2022
  • Helena Pereira, Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • Khaled Abdel Ghaffar, Minister of Higher Education and Scientific Research and Acting Minister of Health and Population, Egypt
  • Elvira Fortunato, Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

Intervenções convidadas:

  • David Mair, Science Advice to Policy, European Commission Joint Research Centre
  • Mahmoud Sakr, The Academy of Scientific Research and Technology, Egypt

Moderação: 

  • Teresa Ferreira, Comissária do Encontro Ciência 2022

Celebrar o Dia Nacional dos Cientistas

  • Helena Pereira, Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • António Costa, Primeiro Ministro

Entrega de medalhas de mérito científico 2022

17:30h-19:00h - Plenária 2: “Clima: descarbonizar, mitigar, adaptar”

Intervenções convidadas:

  • Suzan Kholeif, Member Executive Planning Group, UN Decade of Ocean Science, Egito
  • Pedro Matos Soares, Instituto Dom Luís
  • Joana Freitas, Universidade de Lisboa

Moderação:

  • Helena Freitas, Universidade de Coimbra

Intervenção final:

  • Miguel Miranda, Instituto Português do Mar e da Atmosfera
  • João Galamba, Secretário de Estado do Ambiente e Energia

 

Jantar "Caminhos do conhecimento"

 

Dia 2 | 17 maio

09:30h-11:00h - Plenária 3: “Solos – Restaurar e recuperar serviços de ecossistemas”

Intervenções convidadas:

  • Adel ElBeltagy, International Drylands Development Commission, Egito
  • Bridget Emmet, UK Centre for Ecology & Hydrology
  • Dulce Freire, Universidade de Coimbra

Moderação: 

  • Teresa Pinto Correia, Comissária do Encontro Ciência 2022

Intervenção final:

  • Nuno Banza, Instituto da Conservação da Natureza e Florestas
  • Maria do Céu Antunes, Ministra da Agricultura e da Alimentação

17:30h-19:00h - Plenária 4: “Cidades – Cidades verdes, sustentáveis e inclusivas”

Intervenções convidadas:

  • Ayman Ashour, Deputy Minister of Egypt
  • Luís Bettencourt, Universidade de Santa Fé e Universidade de Chicago, EUA
  • Ricardo Agarez, ISCTE-IUL

Moderação: 

  • Paulo Ferrão, Instituto Superior Técnico

Intervenção final:

  • Laura Caldeira, Laboratório Nacional de Engenharia Civil
  • Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial

Dia 3 | 18 maio

09:30h-11:00h - Plenária 5: “Oceano – Restaurar oceanos e mares”

Intervenções convidadas:

ASSISTIR ONLINE NO YOUTUBE VIEW ON YOUTUBE - ENGLISH

  • Carlos Duarte, Director do Red Sea Research Centre, King Abdulah University, Arábia Saudita
  • Amr Zakaria, Institute of Oceanography, Egito
  • Sónia Cruz, Universidade de Aveiro

Moderação:

  • Susana Ferreira, Ciência Viva

Intervenção final:

  • Germana Rocha, Vice-presidente da Comissão Parlamentar de Educação e Ciência
  • José Maria Costa, Secretário de Estado do Mar

17:30h-19:00h - Plenária 6: “Cancro: avanços e desafios”

Intervenções convidadas:

ASSISTIR ONLINE NO YOUTUBE VIEW ON YOUTUBE - ENGLISH

  • Rebecca Fitzgerald, University of Cambridge – online
  • Sherine Hassan Abbas, Pharco, Egito
  • João Barata, Instituto Medicina Molecular João Lobo Antunes

 Moderador: 

  • Helena Pereira, Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Intervenção final:

  • Elvira Fortunato, Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
  • Wael El-Naggar, Embaixador da República Árabe do Egito
  • Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República

Local

Centro de Congressos de Lisboa, Junqueira

Morada:

Praça das Indústrias, nº1 | 1300-307Lisboa - Portugal

Edição anterior

Saiba tudo o que aconteceu na edição anterior. Consulte o website.

Organização:

Fundação para a Ciência e a Tecnologia

 

Ciência Viva

Apoio institucional:

Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

 

Assembleia da Républica
situs slot gacor terpercaya bandar togel terpercaya situs judi slot gacor 10k situs togel hongkong HK online situs togel 4D toto slot Situs toto togel macau 4D Situs Togel 4D Terpercaya situs togel toto slot 4D kaskustoto situs togel toto macau 4D BO Bandar Togel Resmi Toto Macau bandar togel terpercaya situs judi slot online situs slot gacor terbaru resmi Situs togel Toto Togel 4D situs togel 4d toto slot macau Situs judi togel macau 4d Situs Togel Macau 4D situs judi slot gacor resmi terbaru Agen Togel Toto Macau Situs Toto Togel 4D Kaskustoto slot gacor deposit pulsa 10 ribu tanpa potongan Situs Togel Hari Ini Live Draw Hasil Keluaran Togel HK Terlengkap Situs togel toto macau 4d Situs judi slot deposit dana terbaru situs togel toto Macau 4D situs togel toto slot resmi 4D